Paella mista

Corria o ano de 2007, quando tive o prazer de passar umas férias em Nerja. Esta pequena cidade fica no sul de Espanha, a cerca de 50 km de Málaga, e não faz parte dos badalados destinos do país de nuestros hermanos.
É bem provável que nunca tenham ouvido falar do Balcón de Europa, da Cueva de Nerja ou da Playa Burriana, mas decerto alguns se lembram da série Verano Azul! Foi Nerja que serviu de cenário às aventuras de um grupo de miúdos, que percorria as ruas de bicicleta a assobiar uma melodia que até hoje é difícil esquecer :)
Felizmente um amigo meu, ao rever esta icónica série, apercebeu-se que, no final de cada episódio, surgia um agradecimento aos habitantes de Nerja... assim lá foi ele parar, mais a sua família e, passado mais um tempinho, arrastaram mais alguns com eles. Uns belos dias de sol, água do mar bem quentinha, gelados artesanais, muitas passeatas agradáveis e um saboroso jantar de Paella, na noite da despedida.
A partir desse ano, pelo menos uma vez em cada verão, lá preparo uma deliciosa Paella e oiço uma certa melodia assobiada :)
Para quem quiser recordar e saber mais sobre Nerja, aqui ficam uns links para espreitar: Verano Azul e Turismo em Nerja
Paella mista

Ingredientes (6 pessoas)
300 g de frango aos pedaços (ou cubos)
300 g de carne de porco aos cubos
250 g de lulas limpas aos pedaços
400 g de camarão (ou lagostins ou bocas de caranguejo)
350 g de arroz estufado (ou arroz bomba - próprio para paella)
400 g de ameijoas
150 g de ervilhas
1 pimento vermelho cortado em cubos ou tiras
2 tomates maduros
5 dl de vinho branco
1 cebola
4 dentes de alho
1 dl de azeite
sal
pimenta
1 colher de chá de açafrão
1 malagueta (ou pimenta de Caiena moída)
Orégãos frescos (opcional)
Limão (opcional)

Preparação
Se possível, preparar de antemão todos os ingredientes, de forma a estarem prontos a integrar a receita.
Colocar o azeite na paelheira e refogar a cebola e os alhos picados até que a cebola fique translúcida.
Adicionar o açafrão envolvendo no refogado. Acrescentar as carnes e as lulas e deixar dourar uns minutos. 
Juntar o tomate aos pedaços, sem pele e sementes e deixar refogar mais uns minutos. Regar com o vinho branco, temperar com sal, pimenta e a malagueta e deixar estufar lentamente, cerca de 10 minutos. Adicionar o pimento e apurar mais 5 minutos.
Incorporar o arroz, mexendo para se misturar com os restantes ingredientes, e dispor os mariscos por cima. Acrescentar uma parte dos orégãos e regar com cerca de 4 dl de água quente. Retificar os temperos e juntar as ervilhas.
Cozinhar por cerca de 12 a 15 minutos, em lume não muito forte e sem mexer, até que o arroz fique cozido. Quando estiver quase no ponto, cobrir a paelheira com folha de alumínio e, depois de desligar o lume, deixar repousar uns minutos antes de servir.
Servir decorada com os restantes orégãos e uns gomos de limão. 

Dicas
Muitas vezes uso mexilhão, além das ameijoas. Também fica muito bem com berbigão. 
Em vez dos orégãos frescos, pode usar-se salsa ou coentros ou nenhuma das três.
Depois de adicionar o arroz, não se deve voltar a mexer. 

Receita que adaptei de uma revista "Cozinha Prática de Sucesso" que tenho há vários anos

Download da receita em PDF



Comentários